2015

Sobre mim antes de 2015

Mudei essa página nos últimos dias de 2014, mas achei que não devia jogar fora o texto anterior. Talvez eu a aumente a cada transição de vida. Meu nome é Roney Belhassof, nasci em 1967, passei um tempinho viajando pelo mundo, um tempão trabalhando como consultor em gestão do conhecimento, principalmente na área de meio ambiente para a Esso (quando era da ExxonMobil). Escrevi um livro apresentando as quatro bases da boa gestão do conhecimento: relações humanas no trabalho, relações humanas com o trabalho, sistemas de informação e gestão centrada no conhecimento, mas nunca tive tempo de revisar e publicar. Larguei essa vida de Dilbert e decidi ajudar as pessoas a entenderem que a Internet é uma rede de pessoas e não uma rede de computadores e que ela é tão importante para o século XXI quanto o direito ao voto foi para o século XX. Acabei transformando minha empresa (a i4b) em uma consultoria em Internet e hospedagem de sites cuja missão é ajudar pessoas e empresas a existir na Internet. Sou casado (muito bem casado), tenho um cão, pratico taekwondo, mas sou pacifista, humanista e amo arte. Não respiro sem arte. A propósito, o subtítulo do meu blog pessoal (Galeria de Espelhos) é

A arte é o ar que a consciência respira

É na arte e na consciência que estão as soluções para todos os problemas que a nossa civilização deve resolver, não em Deuses que são ótimos até o momento que alguém tem a arrogância de se sentir seu portavoz. Pensar assim faz muita gente achar que sou ateu, não sou, mas os meus Deuses são delirios pessoais e intransferíveis e creio que todos os deuses deviam ser assim. Escrevo desde os 8 ou 9 anos e sempre gostei do estilo mais lírico, simbólico, algo como Borges ou Neil Gaiman. O primeiro texto de que me lembro é um em que caminho por uma imponente floresta com o céu esverdeado pelas copas das árvores. Aos 18, enquanto estudava para um concurso, resolvi escrever um livro com 100 poesias para relaxar. Algumas são razoáveis. Mas foi aos 33 que descambei a escrever – por puro prazer – até que criei meu primeiro blog e nunca mais parei. O Meme de Carbono é o meu primeiro blog feito principalmente para compartihar idéias e, claro, não contém verdades, mas visões que podem nos ajudar a encontrar alguma verdade em nossas próprias reflexões.

Junho de 2013

Bio

Em 1978 me encantei com a Internet. Apenas li sobre ela e a imaginação do garoto de 11 anos completou as lacunas. Achei fantástico que o conhecimento da humanidade poderia estar flutuando no ar… Quase 30 anos se passariam até que a Nuvem se tornasse realidade, mas o encanto da criança amadureceu enquanto eu explorava outras realidades. Viajei um pouco pelo mundo como oficial da marinha mercante, mergulhei fundo na inteligência coletiva corporativa tornando-me consultor em gestão do conhecimento por mais de 10 anos. A partir de 2008 finalmente retornei ao interesse da infância passando a estudar a sinergia entre a sociedade hiperconectada e a Internet que se desenvolvem juntas para concretizar um novo paradigma. A partir de 2015 decidi me dedicar mais a cursos, workshops e à publicação de livros que, de uma forma ou de outra, abordam a transição de eras por que passamos.