Esse assunto é segundo mais importante do século (o primeiro é a mudança climática pelo aquecimento global).

Inteligência Artificial no entanto é um assunto muito mais vasto e muito menos conhecido, portanto mais difícil de explorar em um texto simples e rápido como esse será.

Sendo assim você terá que acreditar em mim por enquanto, certo?

A questão é que nós humanos achamos que temos vantagem por termos consciência, no entanto ela nos atrapalha em 99% das atividades humanas, incluindo empregos.

Esse percentual não é um chute, é baseado na hipótese de que apenas 1% das atividades humanas são criativas.

Toda atividade que pode ser resumida a análise lógica e objetiva será melhor executada por inteligências artificiais: diagnósticos médicos, análises econômicas (e até avaliações do mercado de bolsa de valores), administração, operação de máquinas (incluindo carros e caminhões), catalogação de fósseis, estudo de genética… A lista é vasta.

Enfim, quem não é artista não terá mais emprego a partir de 2050 (talvez antes).

O vídeo levanta a ideia de que uma das soluções para evitar uma crise gigantesca é a proliferação de IAs de código aberto como o Tensor Flow do Google.

No entanto algumas das IAs mais avançadas são tecnologias proprietárias o que pode massas de pessoas excluídas.

É uma visão bem apocalíptica e aparentemente impossível (e por isso disse que você terá que confiar em mim por enquanto – e acompanhar o que escrevo aqui no FB, no blog etc), no entanto pode ser uma visão míope do que está por vir.

O que você pode fazer?

Minha sugestão de ouro tem sido buscar a realização das pequenas coisas, investir no que há de lúdico em você, desenvolver habilidades criativas e, acima de tudo, não projetar sua realização pessoal em sua realização profissional.

A propósito… Talvez esse seja um grande erro dos dois últimos séculos… Os séculos do mito do herói em que todos queremos ser os destruidores da Estrela da Morte.

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais