Pois é… Um blog da Wired diz que o blog está morrendo e se faz uma polvorosa na blogosfera! 😉

Os argumentos do cara até são razoáveis, mas o que mata um meio é outro melhor. O livro matou o contador de histórias, bem na verdade ele o tirou do centro do cenário cultural, mas ai estão os mestres de rpg e os tradicionais contadores de história que continuam encantando adultos e crianças.

O email também vai morrer porque vamos deixar de usá-lo para repassar vídeos, ppts, fotos e correntes virais… Tolice! Vamos usá-lo menos e para coisas mais específicas.

Os blogs serão destruídos pelas redes sociais?

A questão é que o blog não é “a coisa”. A Coisa é a transformação da Internet em uma rede de pessoas mais ou menos comuns (o acesso à Rede ainda não é tão democrático assim) que se manifestam e trocam informações eliminando fronteiras que eram intransponíveis até o final da década de 90.

Tenho preferido o termo memesfera a blogosfera. A memesfera seria todo meio propício à troca de memes (idéias, costumes, culturas etc) e começaria ali na sua sala de estar onde você pensa com seus botões, passaria pela mesa de bar ou pelo auditório da faculdade e explodiria em milhões de possibilidades na digitosfera (acabo de inventar isso, não sei se outros já o fizeram) que é a esfera digital onde os memes se propagam: Internet, televisão, rádio, CDs etc.

A melhor coisa que acontecerá à blogosfera é sua morte, ou seja, a migração de todos que não tem nada a dizer para meios mais especializados em copy&paste. Isso deixará a blogosfera para quem prefere tentar ser original.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais