O que você está fazendo agora?

Enquanto o blog é um espaço para compartilhar momentos especiais, idéias originais, as coisas que mais gosta, notícias quentes ou tudo misturado o microblogging te pergunta o que está acontecendo exatamente agora.

Graças a esse mote o microblogging hoje é a mais clara ponte entre os aspectos físicos e mentais do mundo (não gosto da separação real e virtual já que ambos são o mesmo mundo e tem um pouco de real e um pouco de virtual).

A pergunta do Twitter, o primeiro microblog de sucesso, que iniciou esse texto teve desdobramentos como

O que você está ouvindo agora? (Lastfm)

Todos os sites modernos são uma forma de interação entre pessoas (só na antiga web 1.0 os sites eram meros folhetos em html), mas os microblogs atualmente são o máximo em ferramenta de interação.

Ao entrar no site do Last FM por exemplo você fica sabendo que tantas centenas de pessoas vão ao show do Tom Zé ou que outras tantas são fãs de Smash Pumpkins, mas em um site moderno (esqueça o rótulo 2.0, 3.0) o que voce vê ao olhar são pessoas pois elas estão ao alcance de um twitt (mensagem pelo Twitter) e esse grupo de centenas de pessoas que irão ao show do Tom Zé provavelmente se encontrarão por lá.

Como isso funciona?

Mesmo achando a explicação acima perfeita vou dar um exemplo prático.

Você combina de ir ao cinema com vários amigos, mas o primeiro a chegar vê que a sessão já está lotada e avisa no Twitter. Os outros recebem a mensagem em seus celulares, desktops, email ou onde preferirem e dão as suas opiniões. Uns não poderão ir na sessão seguinte, mas topariam um papo em um bar próximo e outros confirmam que podem ir na sessão seguinte e quem chegou mais cedo pode garantir os ingressos de todos e ainda escolher um bar mais vazio e já marcar uma mesa avisando com uma única mensagem o grupo todo.

As possibilidades dos microblogs são vastas, aliás é bom lembrar que a Internet inteira é um lugar em febril processo de construção e transformação.

Há microblogs para tudo, recentemente vi uma lista com 250 que surgiram depois do Twitter.

Alguns são mais intimistas graças à sua interface como o Plurk, outros se propõe a ser uma central de microblogs como o HelloTxt que publica o que você escreve em vários microblogs de uma vez só e há os que servem para compartilhar arquivos como o Pownce.

A propósito o Delicious e o StumbleUpon podem ser vistos como microblogs antecessores do Twitter, mas nenhuma ferramenta social da atualidade tem mais capacidade de reunir pessoas online e offline do que o modelo seguido pelo Twitter, pelo Plurk e pelos demais microblogs.

É comum se referir às pessoas que usam microblogs como @s pois a @ é usada quando queremos citar alguém como “Tem um post legal sobre microblogging no blog do @roneyb“.

Já está na hora de deixar de ver a Internet como uma rede de computadores atrás da qual as pessoas se escondem, ela é uma rede de pessoas que se encontram e compartilham idéias de uma forma que os não @s (que chamo de @turistas pois usam a Internet, mas não como rede de pessoas) não conseguem usando apenas as possibiliades de comunicação do mundo real.

Não usar a Internet como um passo além na comunicação humana é como se recusar a aprender a falar ou a escrever e os microblogs são parte vital dessa nova linguagem.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais