Leia:

Conheça mais sobre a Geração Z | Renata Lino | LinkedIn

É muito difícil sintetizar o mundo, é difícil até mesmo caracterizar uma geração, principalmente quando são como a C (conectados) ou Z (de zapping porque vagam febrilmente pelo mundo cibernético) que não estão delimitadas por idade e sim por comportamento.

Eu, por exemplo, estaria entre uma dessas duas e tenho 50 anos (sou também geração X).

A Renata Lino, no entanto conseguiu reunir uma boa lista de pilares a partir dos quais podemos tentar decifrar as pulsões e repulsões dessa “geração”.

Uma geração que provavelmente irá agregando muitos outros de outras gerações conforme se torna mainstream.

Esse ano e em 2017 tenho falado que veremos coisas interessantes no Youtube, uma delas pode ser pessoas mais velhas ingressando na geração Z através desse acesso. Já existem alguns.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais