Estou violando minha própria regra dos 90 segundos ao escrever esse post, mas se existe algo que me revolta é a violência da propriedade intelectual colocada acima dos nossos direitos coletivos.

O TwitterBrasil.org está sob ataque do Twitter, sendo ameaçado por divulgar o serviço e ajudar as pessoas a usá-lo! Isso faz algum sentido para você?

Ok, na verdade não é por divulgar e ajudar que eles estão sendo ameaçados, mas por usar o passarinho deles (como se eles não usassem a baleia dos outros e como se o passarinho fosse deles e não seu, meu e de todos nós) e ter o nome do serviço no domínio.

Já falei antes que as empresas não podem se ver como donas das suas marcas, mas como guardiãs das marcas que nós, humanos, elegemos como dignas do nosso respeito.

Entendo que o Twitter defenda o uso da sua marca e seu nome, mas há CENTENAS de serviços que usam ambos e não tem um milésimo da seriedade e utilidade do TwitterBrasil.org!

Imagino que haja por trás do ataque a dificuldade da barreira linguística, mas a Twitter é uma empresa importante e deve agir de acordo com isso pagando um tradutor para entender exatamente quem eles estão atacando, e no caso é um aliado poderoso.

Os blogueiros já estão se movimentando trocando a identidade visual do site e devem fazer isso mesmo pois não podemos esperar respeito e coerência de uma empresa que age assim, mas eu gostaria muito de ver um pedido de desculpas formal do Twitter e a retirada de toda e qualquer ameaça ao TwitterBrasil.org

Vou parar por aqui e aguardar o desenrolar dos fatos.

Se você falar nisso no Twitter use a hashtag #FreeTwitter