Venho falando dos reatores de fusão como uma solução definitiva para nossos problemas pois, com energia virtualmente ilimitada, poderíamos consertar qq dano feito ao ecossistema planetário.

No entanto, apenas do ponto de vista de geração de energia limpa para alimentar os sistemas que já temos (iluminação, telefonia, transporte, TI etc.) pode ser mais interessante redirecionar os investimentos para soluções como energia solar, eólica, de maré e outras que se complementariam.

Fico ainda com o reator de fusão pela questão do grande desafio de reparar o equilíbrio climático.

Mas ainda há de se considerar que a troca de fontes nocivas por renováveis em um tempo muito mais curto pode nos dar mais prazo para desenvolver uma fonte de energia equiparável aos reatores de fusão.

Salvar

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais