Um dos maiores e mais avançados impérios da Antiguidade foi a China. Lá todos se curvavam aos imperadores como em qualquer sistema totalitário, mas os professores não, os professores eram respeitados.

Estamos sob um terrível ataque de mentiras e calúnias contra o nosso povo, contra o que somos e o que produzimos de melhor. Temos que levantar nossas vozes acima desse ataque que parte das instâncias superiores do país governada hoje por uma legião de idiotices e delírios.

A Pedagogia do Oprimido de Paulo Freire despertou quando ele alfabetizou uma turma de operários do campo em dois meses.

O método é óbvio se olharmos hoje: em vez de ensinar a língua mecanicamente e sem conexão com a realidade: “vovó viu a uva”; mostra-se que a linguagem é a representação viva da nossa realidade: “O muro é de tijolo” para um educando pedreiro.

O método estava sendo implantado quando os militares interromperam a democracia no país.

Durante a ditadura o analfabetismo caiu de 39 para 33% (em 20 anos).

Quando finalmente nos livramos da ditadura pudemos implantar sistemas de ensino mais abrangentes, ainda que muito deficientes pois era necessário enfrentar pensamentos (e interesses) retrógrados. Ainda assim o analfabetismo caiu para apenas 8% em 2012.

A pedagogia de Paulo Freire é da educação com sentido e não da educação alienada que procura construir engrenagens para uma linha produtiva em um país muito mais rico em recursos naturais do que em recursos cognitivos e, logo, campo perfeito para mão de obra barata e produção de matéria prima.

Tudo isso vem mudando sob o vento da democracia.

Atualmente 20 das 20 universidades que mais produzem pesquisa no país são públicas (15 federais e 5 estaduais), mas o governo segue sua jornada desconectada dos fatos e da razão que iludiu a população a votar nele e dispara notícias delirantes e falsas sobre a educação no país e propõe literalmente sua dissolução.

Temos que levantar nossas vozes acima do delírio e da fantasia perversa de um governo alucinado.

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais