A análise do Pirula dessa vez ficou um pouco prolixa, mas ele toca em ótimos pontos do meio para o final e, como sempre, fornece uns bons nomes e links úteis para estender a pesquisa.

Para quem não está muito online: o tipo dep programa que sempre consideramos “emburrecedor” ou vulgar que parece dominar a TV e ser imposto por ela para manipular as pessoas está se repetindo nos canais do Youtube.

Isso pode reforçar a hipótese que defendo há tempos, de que não é a TV que nos impôs esse tipo de programação, e sim nosso interesse natural:

  1. Fofoca é um instrumento importante de integração social. Daí os BBBs, novelas e canais onde vlogueiros mostram seu dia-a-dia
  2. Violência, seja visual, seja moral é uma forma de definir nossas tribos entre outros fatores.

Eu acrescentaria apenas algumas observações.

  • Não é um desastre o “ruim” da TV invadir o Youtube ainda que lá haja menos regras, mas é um alerta para as TVs: elas estão sendo substituídas. O que darão agora que os Youtubers não podem dar?
  • A fórmula simples de violência e fofoca vazia que funciona na TV onde há escassez de canais não funcionará por muito tempo online onde os canais são infinitos porque nós também precisamos de novidades e haverá migrações em massa. Exatamente como já vimos acontecer com celebridades dos blogs, Twitter etc.
  • Cuidado para não achar que, quem assina o canal “burro” não assina também o canal “inteligente”
  • Muitos etecéteras
Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais