Vai ter gente arrancando os cabelos com isso!
 
É delicado mesmo…
 
Principalmente pq não trata a célula como uma pessoa e quase todos nós temos essa relação com células embrionárias humanas, né? De outros animais, não, essas a gente come (ova de peixe, ovos…)
 
Passei olhos no artigo e parece que a ideia é estudar e não fazer super-humanos, mas esse é outro ponto delicado pois logo desconfiamos que esse é um passo nessa direção…

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais