Imagem: The Garamut – Where is the PNG Debate on Manus Island?

A Ilha Manus fica em Papua Nova Guiné e uma parceria com a Austrália estabeleceu lá um campo de concentração refugiados que é dramatizado nessa perturbadora animação:

O jornal The Guardian tem uma sessão dedicada à questão da Manus Island.

Achei a questão impactante demais, forte demais, séria demais para ficar apenas na sessão Gotas desse site e decidi fazer esse post que, no entanto, não será longo.

Você pode googlar e se informar sobre o caso e como ele está nesse momento que você lê esse artigo, mas quero refletir sobre outra coisa.

A Austrália é um país desenvolvido. Uma nação de altos valores éticos e morais assim como diversas outras para onde convergem imigrantes e refugiados. É no mínimo desconcertante e provavelmente desesperador ver que nações como essa se esquivem tão imoralmente do problema dos grandes êxodos modernos.

Não se trata de admitir que a estrutura de poder entre nações e a estratégia corporativa do capitalismo predatório torne essas nações e corporações sediadas nelas corresponsáveis pelo problema e, consequentemente, pela solução.

Trata-se da necessidade de percebermos que a vida e a cultura humanas são preciosas, não só coletivamente, mas individualmente.

Ainda há pouco compartilhei a história de uma jovem desajustada, que foi presa, moradora de rua e quase tudo o mais e que hoje é uma escritora, mãe e professora.

Resista à tentação de julgar que os que fracassam deveriam ser fortes como ela foi e pense em quantas pessoas poderiam ser preciosas para nós como ela mas, por muito pouco, não foram fortes o suficiente… Aliás, há um grande fator de azar e sorte na sobrevivência dessas pessoas.

Não devíamos deixar nosso “capital humano” se perder à deriva na sorte e no azar.

Precisamos de um capitalismo “cultivatório” que se oponha ao predatório (sei que você possivelmente demoniza o capitalismo, mas sugiro que abandone esse tipo de estereótipo religioso e observe que a competição é fortemente gravada no processo de seleção e sobrevivência tanto de organismos quanto de ideias).

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais