Recebi mais um desses emails apocalípticos falando do caos a que supostamente nos dirigimos. Minha resposta teve que virar um post…

Acredite em mim quando digo que 98% do que não está em um site confiável é falso ou não vale mais.

Pois eu vou dizer justamente o contrário do que todos dizem: Nossa civilização nunca esteve tão longe do Inferno! Estamos vivendo uma era de avanços incomensuráveis!

A voz que anuncia o fim dos tempos é o grito desesperado dos impotentes cavalheiros do apocalipse, os arautos do desespero que tentam sobreviver minando nossas forças através do terrorismo.

Não se deixem contaminar ao custo de viver uma vida triste enquanto todo o resto prospera!

O poder atávico do medo é paralizante, herança do nosso instinto de auto-preservação: na dúvida se aquele movimento no mato é um tigre dente-de-sabre ou um coelho, corremos! Afinal se é um coelho perdemos apenas um jantar, mas se é o predador perdemos a vida.

Infelizmente o poder que tanto nos assusta aprendeu (instintivamente, não pense que intrincadas teorias da conspiração são reais) que nossa razão ainda é escrava do velho sistema límbico.

Você está pensando agora em todas as coisas ruins que confirmam que estamos involuindo, que vamos rapidamente para o inferno, o fim dos tempos, o caos, a miséria ou o desgoverno.

Pois eles sempre estiveram lá, é de onde viemos. Enquanto não chegarmos onde nossa evolução nos leva eles ainda estarão lá. São as arestas que devemos aparar! E já aparamos tantas delas!

Leia Gen, de pés descalsos e lembre da visão obtusa durante a segunda guerra mundial.

Assista Culpado por suspeita e lembre de quando os EUA praticamente se tornaram fascistas.

Não deixe de lembrar da loucura de Salém!

Nem precisa ir longe! O século XX foi marcado pela conquistas de direitos que nunca tivemos como o voto, a igualdade entre sexos e cores, a possibilidade de ascenção social e a semente do século XXI: a era da informação.

Enquanto alguns de nós se deixam desesperar outros lutam por um mundo onde todos possam ter sua voz, onde a informação não seja um monopólio de grandes mídias e todos os terráqueos possam desfrutar do conhecimento gerado por cada um de nós!

O único inferno que temos diante de nós é o medo, o terror e, mesmo quando ele é real, foi a capacidade de encará-lo de queixo erguido e de armas em punho que nos trouxe até aqui! E será essa determinação que nos levará ainda mais longe! Só que as armas agora são a razão, a informação e a comunicação global que tem seu maior instrumento na Internet.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais