image

Fonte: Fumaça sobre o golfo da Pérsia – Nasa

Não sou um usuário de rss e não entendi bem o drama, mas depois do papo com o Fábio Carvalho, o Cristiano Santos e o José Telmo entendi pelo menos uma coisa, que muitos serviços usavam a api dele e isso pode derrubar todo um ecossistema.

Entendi tb, e isso é mais preocupante, que os grandes concentradores da Rede estão se movimentando para atrair para seus ambientes sociais todo o fluxo de informação.
É como se o dono do lago fechasse a alimentação de vários rios que saem dele.

Outro ponto preocupante é que o rss é a ferramenta de uma pequena parcela dos internautas, mas responsável por partes importantes da seleção memética. Como esse percentual de usuários de rss é pequeno pode ser que não surja um lago substituto para o reader e isso prejudicaria o poder de criação, replicação e combinação de memes.

Apesar de tudo isso faz sentido para mim que o processo memético não pode ser realmente detido pelos interesses deste ou daquele grupo e a evolução achará seu caminho.

A minha sugestão seria nos apegarmos fortemente a um único substituto ou a um grupo deles que trabalhassem interligados.

Aliás esse é um bom caminho que a evolução memética pode achar. Dig, feedly e mais alguns podem se juntar num ecossistema para rss. #ficaadica

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais