Cariocas, natos ou não, oriundos de diferentes segmentos da sociedade se unem em torno de uma mesma causa: uma cidade melhor, uma sociedade melhor. Formado por amigos que doaram seu tempo e seu talento por essa causa, o TEDxRio é dedicado à conexão de pessoas que querem arregaçar as mangas e agir. A todos aqueles que de alguma forma ajudaram a transformar este sonho em realidade, nosso muito obrigado!

Fonte: TEDxRio

Se você não conhece o TED clique nas três letrinhas ai à esquerda e vá conhecer imediatamente!

Se você tem preguiça de conhecer coisas e prefere uma descrição rápida o TED é um evento anual que ocorre nos EUA e reúne a fina nata dos pensadores e pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento e da arte humanas e cada um deles fala por 20 minutos sobre as fronteiras das suas pesquisas. É fascinante!

Os TEDx são eventos locais inspirados no TED (que eu chamo de Tedão) organizados com trabalho 100% voluntário. É um verdadeiro fenômeno da sociedade do conhecimento: a construção de eventos onde o único capital envolvido é o capital indireto do estabelecimento de conexões e reputação.

Em breve todas as falas desse TEDx estarão disponíveis no site, passe lá para formar sua própria opinião. Eu recomendo fortemente a fala de José Pacheco que está no bloco Visões.

Como foi o TEDxRio?

Vi pelo menos três falas fantásticas, mas deixarei que cada um encontre suas próprias falas fantásticas, aliás, vou adorar ver sua opinião nos comentários.

Os convidados a falar com certeza estão entre os mais experientes e criativos das suas áreas, mas uma coisa me incomodou e francamente não creio que seja responsabilidade da organização ou mesmo de quem se apresentou, mas das nossas características humanas.

A missão desse TEDx era sonhar com um Rio de Janeiro melhor e justamante em um momento que estamos emocionalmente afetados e otimistas em virtude dos acontecimentos recentes e de um periodo econômico favorável ao nosso país: humanos emocionados tem uma forma um tanto ingênua de otimismo.

Falou-se em fazer as coisas de uma forma diferente, de interdependência, casos de sucesso em assistência à sociedade menos privilegiada e havia um clima generalizado de otimismo.

Mas…

Senti falta de propostas sólidas que pudessem se transformar em planos de metas. Como se as ações não dependessem de nós, ou até fossem inevitáveis em nosso processo de desenvolvimento.

É claro que houve várias sugestões e alertas. Não estou dizendo que o deslumbramento era cego, mas realmente fiquei com a impressão de que o clima de otimismo era suficiente para diminuir a percepção de emergência das ações que devemos tomar para que o Rio seja uma cidade digna do século XXI e dos eventos que vai abrigar.

Podemos facilmente ter um Rio de aparências sem as mudanças reais e profundas que devemos enfrentar.

Nas ruas já escuto comentários de que as milícias já se infiltraram nas UPPs, que a corrupção não demonstra sinais de recuo e o Rio é tido como uma das cidades mais corruptas do Brasil.

É mesmo deslumbrante que nós aqui no Brasil estejamos podendo organizar TEDx, mas espero que, passado o deslumbramento, possamos rever as falas desse e de outros TEDx com olhos mais analíticos e as aproveitemos para fazer planos concretos.

O que falta aos TEDx?

Um dos pontos chave dos TEDx é a rígida seleção da platéia. Espera-se que as pessoas estabeleçam novos contatos com as outras pessoas seletas da platéia.

Bem, essa seleção toda da platéia é algo com que já não concordo pois francamente, não consigo imaginar bons critérios para definir quem tem mais potencial e quem tem menos, mas esse é um procedimento imposto pelo Tedão.

Um dos problemas que vejo nessa seleção tão rígida é que ela acaba dificultando a interação entre as pessoas, seja por se acharem privilegiadas demais, seja por medo de falar com alguém que se sente privilegiado demais.

Como o processo de seleção da platéia não pode mudar creio que os TEDx deviam criar dispositivos para estimular a interação, nem que fossem coisas tolas como “Existem mais 5 pessoas com o mesmo número e cor que você, encontre-as”.

Nós humanos somos sociais e gostamos de colaborar, mas também somos ariscos e receosos, afinal vivemos em tribos com milhões de indivíduos.

Sem bons dispositivos para estimular o encontro entre as pessoas, a interação e criações coletivas acaba valendo mais a pena assistir o evento pelo streaming ao vivo.

Espero que outros TEDx tenham boas ideias nesse sentido, até aqui, apesar de excelentes, creio que nenhum deles teve sucesso nesse aspecto.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais