Esse blog procura não assumir posições políticas, mas há eventos que se colocam além deste ou daquele partido e representam uma ameaça real à consciência humana e ao seu desenvolvimento.

O Fascismo é um desses eventos, e dos mais perigososos.

Nos útimos dias houve uma onda de manifestações racistas contra o povo do Norte e Nordeste que teriam supostamente sido responsáveis pela eleição da candidata também supostamente contrária aos ideais de tradição, família e propriedade.

Digo supostamente por três motivos:

  • Primeiro que ficou perfeitamente demonstrado que a candidata do PT teria sido eleita mesmo que somente o Sul e o Sudeste votassem
  • Segundo porque não estou certo de que os eleitores racistas podem ser considerados uma amostra da natureza ideológica desse ou daquele partido
  • Terceiro para me preservar da voracidade dos que buscam alguém para processar. Aqui não quero disser que esse ou aquele partido ou indivíduo é fascista.

Capa do livro "Cinco Escritos Morais, de Umberto Eco"O fascismo pode ser visto como um bug do software humano, talvez o resultado do confronto entre nossos instintos animais e nossa consciência humana. O fato é que ele é capaz de assombrar a todos nós e pode ser usado para manipular praticamente qualquer pessoa desatenta.

Por isso decidi reproduzir aqui 14 características do Ur-Fascismo apontadas por Umberto Eco no texto “O Fascismo Eterno” que faz parte da coletânea Cinco Escritos Morais.

1- Culto da Tradição

“A verdade já foi anunciada de uma vez por todas, e só podemos continuar a interpretar sua obscura mensagem.”

2- Recusa da Modernidade

“O Iluminismo e a Idade da Razão eram vistos como início da depravação moderna.”

3- Culto da ação pela ação

“Os intelectuais fascistas oficiais estavam empenhados principalmente em acusar a cultura moderna e a inteligência liberal de abandono dos valores tradicionais.”

4- Rejeição de Críticas

“Para o Ur-Fascismo desacordo é traição.”

5- Culto ao medo das diferenças

“O primeiro apelo de um movimento fascista ou que está se tornando fascista é contra os intrusos.”

6- Frustração individual

“… uma das características típicas dos fascismos históricos tem sido o apelo às classes médias frustradas.”

7- Nacionalismo

“Na raiz da psicologia Ur-Fascista está a obcessão do do complô, possivelmente internacional.”

8- Inimigos poderosos

“Os adeptos devem se sentir humilhados pela riqueza ostensiva e pela força do inimigo.”

9- Vida para a luta

“o pacifismo é mau porque a vida é uma luta permanente.”

10- Elitismo-popular

“Todos os cidadãos pertencem ao melhor povo do mundo, os membros do partido são os melhores cidadãos.”

11- Heroísmo é norma

“Cada um é educado para tornar-se um herói”

12- Machismo

“… desdém pelas mulheres e uma condenação intolerante de hábitos sexuais não conformistas, da castidade à homossexualidade.”

13- Populismo Qualitativo

“Cada vez que um político põe em dúvida a legitimidade do parlamento por não representar mais a ‘voz do povo’, pode-se sentir o cheiro do Ur-Fascismo.”

14- Uso da Neolíngua (de 1984 escrito por Orwell)

“Os textos escolásticos nazistas ou fascistas baseavam-se em um léxico pobre e em uma sintaxe elementar, com o fim de limitar os instrumentos para um raciocínio complexo e crítico”

Prólogo

Sugiro que o fim desse post seja o início da sua jornada de pesquisa. Procure esses itens na mídia, nos discursos preconceituosos, mas principalmente em seus próprios pesamentos.

O Fascismo é uma das piores prisões a que nossa consciência pode ser submetida.