Imagem: Dick Vigarista da Corrida Maluca – E os vilões?

Leia o artigo Como o Carro Autônomo do Uber Vai Destruir 10 Milhões de Empregos e Redefinir a Economia em 2025.

Belo exercício de futurologia que mostra, na minha opinião, um mundo bem melhor.

Acho que as previsões acontecerão, mas o futurólogo se esquece dos jogos do poder.

Vimos em 2013 como a máfi… digo, o lobby das empresas de transporte público é poderoso. Uma conversa casual com taxistas traz à tona a íntima relação das autonomias de taxistas e o poder político em cidades como Rio de Janeiro.

E esses sequer são os grupos mais poderosos.

Carros autônomos, elétricos, coordenados pela nuvem apresentam desafios para indústrias poderosas como a dos próprios automóveis, a do petróleo, que financia boa parte das guerras no mundo e, por tabela, a armamentista.

Ou seja, as empresas usarão sua influência na política para criar resistência jurídica contra a substituição de carros manuais por uma frota autônoma reduzida e eficiente.

Nesse quadro a vaidade fútil de quem acha que não tem valor por suas ideias e quer se destacar pela posse de veículos nem tem realmente um peso notável.

É possível que muita gente goste da ideia, pessoas como você e eu, que farão alguma pressão, serão precursores, mas duvido que esse seja o fator determinante. Não podemos esquecer do controle que, por exemplo, a indústria de energia demonstra na Espanha impedindo a adoção de energia solar (na verdade dificultando).

O ponto chave provavelmente será o lucro. Se houver um ecossistema viável para produção de muito lucro e parceiros fortes para investir nisso, então veremos essas previsões se concretizarem.

Minha aposta fica mais para os 30 do que para os 15 anos do artigo.

Esse vídeo aborda a automação em geral. Apesar de preocupante é um bom alerta para a necessidade de pensarmos nos efeitos da robotização da nossa civilização.

Atualizando em 12/06/2015

A Uber acaba de lançar o UberX. Mais barato que o táxi comum…

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais