Ontem dezenas de milhares de pessoas, talvez até muitos milhões, apagaram as luzes da sala por uma hora em um gesto simbólico pela redução da nossa interferência nociva em nosso próprio habitat. Várias iluminações públicas ostensivas foram apagadas também como o Arco do Triunfo e nosso senado.

Os 1,6 bilhões de pessoas que não tem acesso a luz elétrica se desculpam por não ter parcipado.

Que impacto tem um gesto simbólico?

Nós praticamos gestos simbólicos quando não podemo agir, quando nossas vozes foram silenciadas ou nossas mãos foram atadas.

No início desse ano houve um “debate” sobre a lei de cibercrimes (chamada lei Azeredo) na campus party e não pudemos falar… No momento das considerações finais do representante do senador Azeredo nos levantamos e viramos as costas em gesto simbólico de protesto.

… E corremos para nossos blogs depois para falar!

Lá se vão três meses e além de falar estamos agindo, você também devia agir! Agora mesmo mandei a sugestão abaixo para o Aulete Digital:

Saudações,

A palavra vigilantismo ainda não existe nem mesmo no Aulete Coletivo (estou em outra aba sugerindo a sua inclusão), mas já atinge todos nós.

Talvez vocês já estejam cientes do PL 84/1999  chamado Lei Azeredo e do impacto negativo que ele terá sobre todos nós, inclusive a viabilidade do Aulete Digital ou mesmo o em papel uma vez que um país cuja liberdade de expressão é restrita as palavras são as primeiras vítimas…

Estou aqui portanto para sugerir que vocês abordem esse assunto uma ou duas vezes por mês no serviço “palavra do dia”. Há várias que abrem espaço para isso como democracia, senador, deputados, governo, fascismo etc.

Sugiro a leitura do blog do Sérgio Amadeu.

Escrevi recentemente um artigo que pode servir de ponto de partida para sua pesquisa: Campus Party – Levante sua Voz

E quando ao aquecimento global?

Nossos gestos simbólicos vão deter o trem? Eles são tudo que nos resta? Não há uma palavra que possamos dizer, uma ação que possamos iniciar para efetivamente preservar o habitat mais adequado à vida humana?

E quanto às condições mínimas para uma pessoa se considerar humana como o acesso a água potável, energia e educação que mais de um bilhão de pessoas não tem? O que faremos efetivamente por isso?

  • Você consome além do que precisa?
  • Você pressiona seu prédio para fazer coleta coletiva?
  • Já se aproximou das organizações civis que procuram melhorar as condições de vida na comunidade mais próxima da sua casa?
  • Quantas vezes por ano você escreve sobre o que pensa sobre meio ambiente e justiça social?
  • Quantas horas por semana apaga as luzes e se dedica a pensar no que você pode fazer pelos outros?
  • Quantas vezes por semana ajuda alguém?
  • O que você ensina com seu exemplo a quem te conhece…
  • O que o seu exemplo ensina a quem não te conhece?

A lista de quês, quantas, porquês e quandos é infinita e por isso uma hora de gesto simbólico por ano significa absolutamente… nada.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Mande para suas redes sociais